Home / Categoria / Recentes

Recrutando voluntários para eventos

por Redação em Legislação - 06/10/2017

 

Uma grande parte do Staff que trabalha nos grandes eventos esportivos ao redor do mundo é formada por voluntários.

 

Esta cultura é muito fraca no Brasil e, somada à nossa legislação confusa, limita a prática dom voluntariado nos eventos nacionais.

 

Um exemplo? Na maratona de Nova Iorque, maior evento esportivo amador do mundo, são 12 mil voluntários nas ruas todo ano, enfrentando frio e um horário bastante ingrato.

 

Mas, pelas ruas, percebe-se que o trabalho é recompensador: os voluntários são os mais animados da festa. Seja distribuindo água, barrinhas, isotônico ou até nos chamados Cheering Points (espaços da torcida) os voluntários são a alma do evento.

 

A remuneração é a troca de energia com os corredores, que precisam de entusiasmo durante os mais de 42.000 metros de percurso. Já em terras tupiniquins, esta motivação é feita por Staffs pagos e às vezes sem muita vontade de animar ninguém.

 

Legislação nacional

 

A lei do voluntário, sancionada em 1998, prevê trabalho voluntário apenas para entidades governamentais e entidades sem fins lucrativos (ou seja, ONGs). Está explicito que este tipo de trabalho não gera nenhum tipo de vinculo empregatício.

 

Não há nem obrigação do empregador em ressarcir as despesas de transporte ou locomoção. Confira o texto na íntegra AQUI.

 

Mas há alguma maneira portanto de conseguir voluntário para meu evento com fins lucrativos?

 

Sim. É possível, por exemplo, recrutar estudantes que necessitam de horas de estágio não-remunerado para conclusão do curso. Isso é muito comum em diversas universidade, como por exemplo em vários cursos de Educação Física.

 

Estimulando os estudantes a participarem

 

Reunimos algumas dicas para conseguir esta mão de obra super qualificada de estudantes para voluntários de eventos. Além de melhorar a qualidade do seu serviço é também uma possível fonte de economia na contratação de staffs tradicionais.

 

  1. Nem só de amor vivem os voluntários gringos. Todos recebem uma super jaqueta exclusiva do evento, que ostentam pelas ruas e fica como uma lembrança qualificada do momento. Não precisamos chegar à tanto, mas vale sim oferecer algum brinde ou lembrança do momento aos participantes.

 

  1. Crie um comprovante de participação timbrado e com assinatura do diretor de prova, ou do diretor do evento. O estudante vai precisar documentar sua participação no evento junto à instituição de ensino.

 

  1. Faça o recrutamento digital, ofereça diversidade de vagas e crie ao longo do tempos uma rede de contatos que já mobiliza-se de maneira quase automática. Tem gente precisando dessas horas e você oferece a oportunidade de uma experiência única de trabalho e interação profissional.

 

Quer um sistema para inscrever seus voluntários com total segurança? Conte com a gente!


RELACIONADOS

Image

Pesquisa Trail Run

11/07/2018 Conteúdo
2.737 respostas compõe a maior o maior estudo sobre corridas off-road já feita no Brasil. A Pesquisa Trail Run, executada pela equipe de marketing, conteúdo e design Ticket Agora é um documento essencial para organiz[...]
Image

Checklist de criação: a melhor comunicação focada em vendas

29/06/2018 Dicas
A comunicação do seu evento é focada em vendas? Você garante que seus e-mails tem foco na conversão e que trabalha bem nas redes sociais? Este é um problema comum nas campanhas de divulgação de diversos eventos: [...]